Na noite de domingo (26), a FGF informou que o clássico Bra-Pel seria disputado nesta terça e que o local estava sendo estudado. No entanto, o jogo foi cancelado. Ao repórter Marcelo Prestes, da Rádio Universidade, o presidente da federação, Luciano Hocsmann afirmou que a última rodada será disputada antes do clássico. 

O Brasil enfrenta o São Luiz e o Pelotas joga contra o São José. Datas a locais ainda serão divulgados.

De acordo com o repórter Fernando Monassa, da Rádio Pelotense, os jogadores do Brasil fizeram um reunião no hotel e decidiram que não querem jogar o Bra-Pel. Os atletas pedem que seja obedecido o tempo de intervalo de um jogo para o outro.

Em entrevista à Rádio Universidade, o presidente do Sindicato dos Atletas, Paulo Mocelin, falou sobre a situação. “Nós entramos em contato com os atletas do Brasil. Eles nos comunicaram que não estavam querendo jogar em um intervalo menor de 48h. Passei para o presidente da FGF, até porque jogariam domingo, terça e quinta. Como eles comunicaram o desejo de não jogar, com medo de lesão e pouco tempo de recuperação. Eles estão voltando de um período grande sem jogar… Então, estão sujeitos à lesões”, comentou.

Deixe uma resposta