Foto: Claiton Dornelles

Membros da Federação Gaúcha de Futebol se reuniram com o governo do estado para a entrega de um documento contendo uma série de medidas para o retorno do futebol gaúcho. Oficialmente, o governador declarou que o documento será analisado mas descartou a volta do campeonato neste momento.

“Especialmente difícil conseguir enxergar um retorno seguro ao futebol. O campeonato, como é Estadual, precisa de um regra uniforme no território, e o novo decreto vai pela regionalização. Cada região terá uma bandeira e poderá obedecer um protocolo mais rigoroso na semana. O que poderia significar que o campeonato então teria de seguir os critérios de acordo com alguma cidade diferente de outra, o que pode comprometer a condição de jogos em determinadas cidades”, disse.

Nos próximos dias a proposta entregue pela FGF será analisada e dependendo do resultado poderá entrar no próximo decreto de distanciamento controlado, que será divulgado na sexta-feira. Leite afirmou que atividades esportivas serão consideradas neste decreto e não descartou a possibilidade de liberação dos treinos em clubes aos municípios. Além disso, o governador  deixou claro que qualquer evento durante o período de pandemia será sem a presença do público.

“Mesmo que déssemos a possibilidade de retomada do campeonato, levaria dois meses entre tempo preparatório de remobilização, treinos e período necessário para jogos. Então, é impossível fazer uma previsão do que teremos para os próximos dois meses”, falou.

Deixe uma resposta