Foto: Rodrigo Chagas

A dupla Bra-Pel recebeu a liberação da prefeitura para treinos individuais a partir da semana que vem. Um protocolo inicial foi acertado visando a segurança de todos diante da pandemia do Covid-19.

A discussão do protocolo ocorreu nesta sexta-feira (3) em uma reunião envolvendo a prefeita Paula Mascarenhas e representantes das duas equipes. A titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Roberta Paganini, orientou os clubes quanto ao retorno dos treinamentos. Jogadores, funcionários dos clubes e comissões técnicas deverão estar imunizados contra a gripe e, também, testados para coronavírus antes da apresentação.

“Iremos alinhar um cronograma de reuniões entre a Secretaria, a Vigilância Epidemiológica e os clubes, para manter a situação fiscalizada e controlada. Caso haja algum jogador ou funcionário com síndrome gripal, este e seus contactantes devem ser, imediatamente, afastados e quem apresentar os sintomas terá acesso ao exame PCR através da Vigilância”, garantiu a secretária.

Para as duas equipes, ficou decidido que aqueles que já estiverem na cidade há mais de 10 dias, já podem ser examinados por teste rápido. Quem ainda não estiver na cidade, ao chegar deverá cumprir isolamento por 10 dias e após, realizar o exame. Quem apresentar resultado negativo, está automaticamente liberado para treinar. Por outro lado, quem testar positivo deverá manter-se em isolamento.

No elenco do Brasil, grande parte dos jogadores permaneceu em Pelotas e nem viajou para suas cidades. Já no Pelotas, em torno de 14 jogadores já se encontram na cidade, de acordo com informação do repórter  e colunista do Rede Esportiva, Eduardo Torres.

__________________________________________

Colaborou: Felipe Monterosso

Deixe uma resposta