Foto: Michel Corvello / AI Prefeitura de Pelotas

Em reunião na tarde desta quarta-feira (17), os presidentes Ricardo Fonseca, do Brasil e Gilmar Schneider, do Pelotas, debateram com a prefeita Paula Mascarenhas sobre as políticas de retorno dos treinamentos na cidade. Ficou acordado que a liberação para os trabalhos ocorrerá após uma definição sobre o início do Campeonato Gaúcho.

O governo do Estado terá uma reunião com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) nesta quinta-feira, para definir a sequência do Gauchão, paralisado desde março.

De acordo com os moldes do Distanciamento Controlado do governo estadual, Pelotas, com bandeira amarela, estaria liberada para retornar às atividades do futebol profissional. Com a indefinição sobre a data de retorno da competição, os dirigentes concordam e estão alinhados para voltar aos treinos após uma posição concreta da FGF, destacando que os clubes precisam de 25 dias para se preparar.

A prefeita Paula informou que após a decisão do governo do Estado, se houver uma previsão de retorno do Gauchão, ela levará a questão ao Comitê de Crise para debater com profissionais da saúde como serão os protocolos que os times deverão seguir.

“Estamos em bandeira amarela e para mantê-la, precisamos segurar as flexibilizações para evitar um aumento de internações, com isso não vamos nos posicionar conclusivamente antes de saber a posição do governador e após a decisão dele, vamos submeter ao Comitê para definir como faremos o retorno dos jogadores e dos treinos em segurança”, disse a prefeita.

Deixe uma resposta