Arte: Rede Esportiva

A força vinda das arquibancadas, historicamente, é marca registrada no Bento Freitas, mas, por diversos fatores, nos últimos anos acabou esfriando. No entanto, sobretudo pela popularização no valor dos ingressos, a energia voltou e foi fundamental para duas últimas vitórias xavantes em casa, na Série B.

Nos jogos diante da Ponte Preta e do Londrina não foram atuações brilhantes do Brasil, mas, empurrado pela massa xavante, o time pegou muito e garantiu seis pontos importantíssimos para alcançar o objetivo inicial, que é a permanência na Série B Nacional.

Óbvio que, tanto a comissão técnica quanto o grupo de jogadores, têm muitos méritos nos resultados positivos, mas sintonia com a arquibancada é o diferencial para superar adversários mais qualificados.

Nem sempre os melhores são as melhores opções

Em várias oportunidades é perceptível a dificuldade do capitão Leandro Leite acompanhar a velocidade e o ritmo dos jogos. Acho que, técnica e fisicamente, Carlos Jatobá e Eduardo Person são superiores, mas é preciso analisar os motivos que levam às escolhas do técnico.

Bolívar ainda é novato na função de técnico, mas tem muita experiência no futebol e sempre foi um líder. Em função disso, sabe da importância de ter jogadores com esse perfil em campo.

Leandro Leite, assim como Camilo, Bruno Aguiar e Diogo Oliveira, tem essa característica e contribui muito para que os demais entendam que só jogar não é suficiente para vencer.

Gostaria de ver Jatobá e Person como titulares, mas entendo a escolha do Bolívar.

Festa popular no aniversário

No próximo sábado (7) o Brasil completa 108 de fundação. Uma linda história de títulos, dificuldades e muita superação. E hoje, mesmo sem muitos recursos financeiros, o clube vive o melhor momento continuado da história.

Em outros momentos, como a histórica campanha do terceiro lugar no Brasileiro e o Bra-Pel dos “nove contra onze” no título citadino de 2004, não tiveram a continuidade do atual momento.

No domingo o aniversário e o momento serão comemorados com um almoço popular promovido pelo departamento de patrimônio. Além da confraternização, será mais uma oportunidade para a torcida ajudar na reconstrução do Bento Freitas.

Deixe uma resposta