Conselho deve ser atuante sim, mas sem exposição desnecessária

Os pedidos de esclarecimentos gerais do Conselho Deliberativo xavante são pertinentes e deveriam ser praxe em qualquer clube. O que não pode, ou pelo menos não deve acontecer, é fazer disso um evento, expondo o clube e gerando instabilidade entre funcionários e jogadores.

Se houver irregularidades devem ser investigadas e os culpados punidos. Mas vazar um oficio interno, dando margem para que o torcedor interpretasse já como irregularidades que seriam apenas aprofundadas.

Vazar informações só gera instabilidade, não agrega em nada para melhorar a gestão, motivar a torcida ou buscar novos patrocinadores. Pelo contrário afeta a imagem do clube e desmobiliza a torcida.

Comissão caseira e motivada

Não dá para prever como será o ano do Brasil dentro de campo. Os recursos escassos e pouco tempo de trabalho na pré-temporada são os principais inimigos da comissão técnica, principalmente para o Gauchão. Mas por outro lado, abre-se, pela dificuldade, espaço para uma comissão técnica identificada e muito motivada para fazer as coisas darem certo.

Outro aspecto positivo é valorização das categorias de base, inserindo vários jovens no grupo de trabalho profissional.

O atacante Cristian já é uma realidade e outros poderão seguir o mesmo caminho. Claro que será mais fácil se os resultados forem positivos, mas a iniciativa já é elogiável.

Testes deixaram uma boa impressão

Até agora foram três jogos-treino na pré-temporada e o desempenho está até um pouco acima do esperado. O jogo diante do Sindicato por 4 a 0 empolgou mais pela movimentação do que pela óbvia vitória.

O mais importante e relevante foi diante do São José-POA. O primeiro tempo foi muito bom, com vitória por 2 a 0 e uma boa movimentação. Destaque para o atacante Gabriel Poveda. Na etapa final, até pelo pouco tempo de trabalho, o time sentiu e cedeu o empate. Mas ficou uma boa impressão.

Ainda teve mais uma movimentação diante do Riograndense-RG com os reservas e mais uma vitória, desta vez por 3 a 0.

Treino é treino e jogo é jogo, mas, pelo pouco tempo de trabalho e o que foi apresentado até agora, a expectativa para a competição passa a ser positiva.

 

Deixe uma resposta