Imagem: Rede Esportiva

Quem acompanha futebol, gosta de ver qualidade técnica e times que jogam para frente, mas nem sempre isso é possível, por diversas circunstâncias e, principalmente, capacidade de investimento.

A estreia do Brasil na Série B não foi um primor técnico, mas a meu ver apresentou o alma e dedicação que são pré-requisitos históricos para o sucesso com a camisa rubro-negra.

A escolha para o confronto diante do Cuiabá acredito que tenha sido circunstancial, em função do tempo de trabalho e também dos desfalques.

Foi um jogo em que a opção foi por neutralizar o adversário, sem muita preocupação em atacar e ainda assim, numa escapada do garoto Luiz Henrique, quase venceu o jogo.

A ideia do técnico é dar consistência defensiva para, aos poucos, também buscar mais recursos ofensivos.

O novo normal

Nesta terça, no estádio Bento Freitas, o Brasil iniciará uma trajetória muito diferente de tudo que já fez no futebol.

Claro que não será só para o Xavante, é para todos clubes e em todo mundo. A pandemia fará com que todos se adaptem ao novo normal que inclui também, futebol sem torcida.

Na teoria, quem tem torcida mais atuante e menos recursos técnicos, tende a encontrar mais dificuldades e, em função disso, essa será a Série B mais desafiadora para o xavante desde o acesso.

Jogar em casa ou fora não terá muita diferença a não ser pela logística e adaptações a clima e gramado.

Adversário forte e com necessidade do resultado

O empate fora de casa foi um bom resultado para o xavante na estreia da Série B, já a Ponte Preta, que foi derrotada em casa pelo América-MG vem para o confronto em Pelotas precisando reagir para não iniciar uma crise logo nas primeiras rodadas da competição.

A Macaca fez um bom campeonato paulista e foi eliminada na semifinal pelo Palmeiras. No elenco tem jogadores importantes como o goleiro Ivan que já foi convocado para a seleção, o lateral Apodi, e os meias João Paulo que esteve na seleção do campeonato paulista e Camilo, ex-Botafogo e Internacional.

Será um grande teste para o rubro-negro e somente um bom resultado validará o empate da estreia.

Deixe uma resposta