Arte: Rede Esportiva

Último teste antes do Gauchão deixou preocupações

O primeiro jogo do Pelotas diante da torcida ficou bem abaixo da expectativa. Não foi só pela derrota por 1 a 0 diante do Esportivo, mas principalmente pelo baixo rendimento coletivo apresentado pela equipe.

Com a linhas distantes, deu muitos espaços ao adversário que, além do gol, criou também outras oportunidades, fazendo do goleiro Douglas um protagonista.

Ofensivamente o time não foi bem também. Juliano, destaque no ano passado, jogou fora de posição, mais centralizado. Wallacer e Hugo Sanches ainda ficaram abaixo do esperado e Jean Roberto jogando de falso nove, participou pouco do jogo.

Claro que não ficou tudo ruim apenas pela baixa produção no amistoso que, inclusive, é muito mais importante para corrigir os erros.

Semana derradeira na preparação

O choque provocado pela baixa produtividade acelerou o processo de contratação para a referência no ataque.

Anunciado nesta segunda-feira, o atacante experiente Tadeu chega para assumir a posição e, como já vinha treinando, poderá até iniciar o jogo do próximo domingo diante do Grêmio, na final da Recopa Gaúcha.

Mais do que peças, é fundamental corrigir posicionamento e colocar cada um na função que pode render melhor.

Acho que o Jean Roberto merece receber oportunidade no meio-campo, na vaga de Wallacer, mas pela maneira sempre elogiosa que o técnico se refere ao titular, dificilmente haverá essa alteração.

A importância do jogo do próximo domingo

Se vencer o Grêmio de transição no próximo domingo, o Pelotas, além de arrancar a temporada com um título, elevará o moral para a estreia no Gauchão que a competição mais importante.

Tenho repetido que iniciar bem numa competição como o Gauchão é fundamental para definir pelo que cada o time vai lutar.

O campeonato é de tiro curto, praticamente um torneio e arrancar mal, faz com que, na maioria das vezes, bata o desespero, mude-se o planejamento e gere uma instabilidade no grupo.

Claro que o título da Recopa por si só já será importante para o clube, mas iniciar o Gauchão com confiança será ainda mais.

Deixe uma resposta