Imagem: Rede Esportiva

Neste final de semana, será lançada em Pelotas a biografia do maior artilheiro da história do Gauchão: Sandro Sotilli. A história de vida do “Alemão Matador” foi escrita pelo amigo Leonardo Cantarelli, e tem como título: “Sandro Sotilli – de Rondinha para o Mundo”. O lançamento oficial ocorre hoje(8), em Rondinha, cidade natal do craque. Neste final de semana será a vez de Pelotas. Os eventos estão incluídos na programação de aniversário de 113 anos do Esporte Clube Pelotas. Em cerca de 180 páginas, Cantarelli retratou toda história de vida de Sotilli, passando pela infância em Rondinha; a passagem pelo seminário – sim, Sotilli podia ter sido padre; o começo em Erechim; as passagens pela China e México; a passagem de 97 pelo Inter, onde “participou” do vestibular de centroavantes promovido por Celso Roth; a marcante passagem pelo interior Gaucho; e claro, sua passagem que virou idolatria na Boca do Lobo.

Sotilli passou de um grande atacante – um dos melhores que vi atuando no interior do Rio Grande do Sul – para um personagem. E personagens sempre tem ricas histórias. Não é para menos, quando a FGF inaugurou a calçada da fama em sua sede, o ex-camisa 9 recebeu a honraria de estar presente por dois clubes: o Glória – onde fez 27 gols no Gauchão 2004 – e o Pelotas. Além dessa edição de 2004, ele também foi artilheiro em 2002, pelo 15 de Novembro, de Campo Bom. Além disso, foi campeão Gaúcho de 1998, pelo Juventude. Sotilli encerrou a carreira em 2014, pelo Pelotas, clube onde chegou em 2008 e automaticamente virou ídolo da torcida. Foi campeão da Copa Lupi Martins em 2008, conseguiu o acesso na Segundona em 2009, foi campeão da Recopa Gaúcha em 2014 e marcou quase 60 gols. Sem nenhuma dúvida, está entre os maiores da história do clube.

Após encerrar a carreira, foi candidato a deputado estadual em 2014, onde fez pouco mais de 7.600 votos, e virou meme na internet. O perfil @sandrosotigol, administrado por ele e um amigo, é um dos que consegue maior engajamento dentro do interior, o que fez com que várias marcas se aproximassem do ex-jogador para divulgação. Este ano, através do deputado estadual Matheus Wesp, recebeu a medalha de Mérito Farroupilha, a maior honraria da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.

O autor, o amigo Leonardo Cantarelli, me convocou a dar um depoimento ao livro, já que, além da nossa relação de amizade, nos meus tempos de repórter convivi bastante com Sotilli, quando ele ainda era o camisa nove do Pelotas. O lançamento em Pelotas ocorre no sábado(9), às 19h30 na Churrascaria Lobão, e no domingo(10), às 11h30 na Lobo Mania. Desejo sucesso à dupla, e tenho certeza de que valerá a leitura.

MERECE PALPITE
Hoje, às 21h30, pela Série B, o Coritiba recebe o Cruzeiro, no Couto Pereira. Mesmo que o Coxa seja líder, e o Cruzeiro esteja longe de ser o Cruzeiro de outrora, não dá para cravar 100% na vitória dos paranaenses, já que Luxemburgo montou um time modesto, porém combativo. O palpite desse comentarista é apostar na kto.com em ambos marcam, com odd altíssima: 2.54.


Os textos desta coluna são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a opinião dos editores do site.

Deixe uma resposta