Prestes a iniciar, a Copa Seu Verardi pode servir como ponto de partida para o Pelotas retomar seu espaço no cenário nacional. É através dela, afinal, que buscará a vaga na Série D.

Para outros clubes, no entanto, a Copa Seu Verardi é um marco histórico. Saiba mais abaixo, conhecendo as histórias de 12 Horas e União Harmonia, adversários áureo-cerúleos na primeira fase da competição.

12 Horas

Típico clube nascido em bairro, o 12 Horas surgiu no Partenon, em Porto Alegre. Desde a fundação, em 2001, jogou de forma amadora e nas categorias de base.

Este ano, fez a estreia profissional e jogou a Segunda Divisão Gaúcha. Na primeira partida, enfrentou o Guarany de Bagé e viajou com apenas os 11 jogadores titulares, um reserva (goleiro) e sem o técnico porque o mesmo tinha outro compromisso.

O histórico profissional registra até hoje uma vitória: bateu o Novo Horizonte, por 3 a 2, na Segundona.

Em entrevista ao Rede Esportiva, o diretor de futebol Celo Nunes falou com orgulho dos primeiros passos da equipe como profissional. “Estamos contentes com os resultados. Nossa transição foi a melhor possível, tendo em vista que subimos degrau a degrau para estarmos aqui hoje, felizes”, disse.

Foto: divulgação / 12 Horas

Preparação para a Copa FGF

A Copa Seu Verardi, que começa no domingo (11), será a segunda competição profissional do clube. Nesta quinta, a equipe realizou um amistoso contra o sub-20 do Grêmio, no CT Hélio Dourado, e empatou em 1 a 1. A equipe relacionada para a partida teve como titulares: Léo; Thiago, Matheus, Donça e Lucas Bicca; João, Jajá, Wesley e Nonô; Aly e Léo. Os reservas foram Wesley, Emerson, Igor, Gatusso, Diou, Tom, Gui, Michel, Rik, Billy e Adriano.

“A gente continua com a mesma base da Segundona Gaúcha, com algumas contratações pontuais em alguns setores da equipe. Nosso grupo é muito forte, sabemos que teremos dificuldades para classificar, porém, estamos confiantes no trabalho e buscamos algo histórico para o nosso clube”, comentou Celo Nunes.

Curiosidades

O símbolo do clube faz referência ao nome: é um relógio marcando 12 horas. O nome foi escolhido pelos fundadores, que são irmãos e trabalhavam como vigilantes em um turno de 12 horas quando decidiram montar o clube de futebol. Atualmente, um deles é o treinador e o outro é torcedor.

Fonte: EC Doze Horas

A sede oficial do 12 Horas é o Campo da Tuca, que leva este nome por estar situado em um bairro não-oficial de Porto Alegre, dentro do bairro Partenon. O nome do campo é uma homenagem a uma moradora antiga do local conhecida, claro, como “Tuca”. Por falta de investimento na tradicional casa, contudo, a equipe tem jogado suas partidas no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo.

Arte: divulgação / EC Doze Horas

O clube é patrocinado pela casa de shows “Baile do Tuka” e tem as camisas rubro-negra e branca.

Foto: Alex Moraes

Tabela

O 12 Horas estreia na segunda-feira (12) contra o União Harmonia, no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. Nas rodadas seguintes, enfrenta Pelotas, Cruzeiro e Bagé.

União Harmonia

Foi fundado em 1964, em Canoas. Em função das enchentes que prejudicavam o antigo loteamento do bairro Harmonia foi reservado um campo para o escoamento da água. Mais tarde, esse espaço daria origem ao clube. No início, não havia sequer presidente, e o clube se reunia em torno de uma uma associação de moradores.

O clube passou os anos 1970 e 1980 disputando apenas os campeonatos amadores da época. O grande ano foi 1988, quando conquistou o Campeonato Municipal na categoria força livre.

Foto: divulgação / União Harmonia

Desde o início do ano, o clube disputa o Campeonato Gaúcho nas categorias sub-15, 17, 19 e 20. Pela Copa Seu Verardi, fará a estreia como clube profissional. Os planos seguem para 2020, quando pretende disputar a Segunda Divisão.

Foto: divulgação / União Harmonia

O Rede Esportiva conversou com o presidente do clube, Cléu Fontoura, que disse ter sido convidado a participar da Copa FGF pelo ex-presidente Francisco Noveletto. “Queremos honrar o convite e fazer bonito no último ano de mandato do Noveletto. Estamos trabalhando há mais de um mês na pré-temporada, vamos completar 40 dias de trabalho no final dessa etapa. A gente tem algumas projeções. A nossa comissão técnica é formada pelo preparador físico Silvio e o comandante é o Matheus Gamarra, que é um ex-atleta aqui do clube”, contou.

Com intenção de dar trabalho aos adversários, a estratégia na formatação do elenco buscar jogadores com alguma bagagem: “Temos hoje 21 atletas treinando em alta intensidade. É esse grupo que vai fazer os primeiros jogos da Copinha. Jogadores experientes. Têm alguns que já se identificaram com o clube, jogadores que foram para fora do país e são da região e agora voltaram. Com muito esforço conseguimos trazê-los e vão nos ajudar muito nessa competição”, comentou Fontoura.

Ao final da conversa com o presidente, ele encerrou com um pedido, deixando claro que o clube está de portas abertas: “A gente tá sempre aberto para jogadores da região. Temos alojamento aqui, se precisar. Esperamos que jogadores se apresentem aqui e busquem o clube, para que a cada dia, todos os dias, a gente cresça um pouco mais”, encerrou.

Tabela

O União Harmonia estreia contra o 12 Horas, na segunda (12), no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. Na sequência, enfrenta Cruzeiro, Bagé e Pelotas.

Deixe uma resposta