Foto: Tales Leal / AI Pelotas

“Agressivo, competitivo e ambicioso”, para não esquecer, são palavras que o técnico do Pelotas, Felipe Endres, usa, desde a sua chegada, para definir seu time ideal. Ao falar do que espera para o jogo deste sábado (24), na Boca do Lobo, contra o Bagé, não foi diferente.

O comandante áureo-cerúleo tem alguns aspectos bem definidos sobre o que quer ver dos jogadores em campo. “Tentar finalizar o máximo de vezes possível. Esse acho que é o grande objetivo nosso. Bastante finalização, ser desejoso pelo gol, querer sempre o gol, arriscar. Esse é o ponto principal”, afirmou.

Pelo o que demonstra nas entrevistas coletivas, a zona de conforto parece não existir na Boca do Lobo – a lição é estar sempre em evolução: “Temos que melhorar na parte ofensiva, melhorar nas transições, melhorar na parte defensiva, acho que é uma evolução gradativa. É difícil falar no que a gente está bem, porque vamos estar sempre tentando melhorar e usar nossas atuações”, comentou.

O adversário

A partida entre Pelotas e Bagé marca a estreia do Lobo em casa na Copa Seu Verardi e o reencontro com a torcida após cinco meses desde a eliminação na primeira fase do Gauchão.

“É um clássico da região, também tem esse outro ponto, a gente viu dois jogos do Bagé, um amistoso e o jogo contra o Cruzeiro. É uma equipe que tem alguns pontos fortes e pontos fracos. A gente trabalhou a semana inteira pensando nos pontos fracos que eles têm para que a gente possa tirar proveito. O que a gente tem de informação também é que alguns atletas deles entraram no BID, a tendência é que a equipe mude bastante, não só em termos de nomes mas também estruturais. Acho que eles vão vir com uma outra disposição para jogar aqui contra a gente”, analisou Felipe Endres.

A equipe

Endres confirmou que o lateral Vinícius Machado ficará de fora da partida por conta de uma lesão e lamentou o ocorrido, afirmando que o atleta é muito forte na bola aérea. Inclusive, foi o autor do segundo gol do Pelotas contra o 12 Horas. Apesar do desfalque, o técnico já confirmou o substituto.

“Vai ser um ponto um pouco diferente daquilo que a gente vinha pensando. As alternativas que a gente tem ali são jogadores rápidos, agudos, então vai ser por aí. A princípio a nossa ideia é utilizar bastante esse corredor pelas características dos jogadores. Vai ser o Wesley nosso lateral-direito”, revelou.

Arte: Rede Esportiva

O treinador também falou sobre a situação de Wallacer, Vacaria e Mateus Santana, que vinham sendo titulares na pré-temporada e não viajaram para a partida de estreia.

“Os três estão à disposição, como todos os outros, vamos ir trabalhando, pensando não apenas no Bagé, mas ao longo do campeonato, a melhor forma de eles atuarem”, falou.

No treinamento de quinta, pôde-se notar a presença de um novo atleta no grupo. Trata-se do meia-atacante e lateral-direito que estava na Portuguesa e jogou no Juventude, Bruno Ribeiro. Porém, segundo Endres, o atleta não tem vínculo com o clube.

“Ainda não tem contrato e não sabemos se vamos assinar com ele. O Bruno está aqui para um período de treinos, e hoje essa é a ideia, nada mais”, disse.

Arte: Rede Esportiva

Deixe uma resposta