Foto: Victor Lannes / Rede Esportiva

Faltando dois dias para o Pelotas estrear na Copa Seu Verardi, o treinador Felipe Endres falou sobre as estratégias que pretende utilizar na partida contra o 12 Horas, sábado (17), no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo.

“O primeiro ponto que a gente tem que entender é: se a gente não toma um gol, a gente não perde, o mínimo que a gente vai ter é um empate. Eu penso dessa forma. A primeira forma que encontramos de trabalhar e pensar o dia a dia foi justamente essa, procurar não sofrer gols. Sobre o ataque, devagar a gente vai construindo. (…) A partir do momento que defensivamente a gente estiver sólido, vamos procurar oportunizar mais chances de gol para equipe, a melhor maneira de jogar e de posicionamento”, explicou.

Arte: Rede Esportiva

Um ponto que o torcedor áureo-cerúleo gostaria de questionar foi respondido pelo treinador. Afinal, após este mês de trabalho, o Lobo está pronto para entrar em campo? Endres alertou para que o clube fique atento às possíveis necessidades. “A gente trabalha sempre de uma maneira na qual a gente acredita que possa ensinar nossa ideia. A partir dos dois jogos-treino e do início da competição, a gente vai sentindo as carências em termos técnicos, táticos e estratégicos. A partir daí a gente tem que entender o que está faltando e o que tem que melhorar. É difícil dizer agora o que a gente vai ter que evoluir. A gente tem que estar sempre atentos às necessidade que a gente passou em um jogo para supri-las no próximo jogo. Essa é a ideia”, contou.

Arte: Rede Esportiva

O aspecto que está bem resolvido entre a comissão técnica é o sistema de jogo: “Em termos estruturais a gente tem bem definido duas formas de postar a equipe em campo, que vão ser o losango ou o três, três, não vai fugir disso. Um volante, dois meias e um atacante, ou três volantes, um meia e dois atacantes. Pode, sim, mudar a estratégia jogo a jogo, quais os atacantes, quais os volantes, quais os meias, mas as estruturas são essas duas”, revelou.

Veja também como foram as campanhas do Pelotas em Copas FGF na última década

Deixe uma resposta