Foto: Victor Lannes / Rede Esportiva

Nesta quinta (12) foi a vez do volante Mateus Santana bater um papo com a imprensa na Boca do Lobo. Entre os assuntos conversados, o jogador falou sobre a campanha do Pelotas no primeiro turno da primeira fase da Copa Seu Verardi e a sequência da competição.

Com o fim do primeiro turno, após a vitória por 3 a 0 contra o União Harmonia, e a classificação para a próxima fase bem encaminhada, o atleta fez um balanço dos primeiros jogos disputados.

“Tem bastante coisas boas que a gente pode tirar desses jogos que fizemos. Primeiro que fomos uma equipe consistente, não sofreu nenhum gol na competição. E isso não é só defesa, começa lá no ataque, todo mundo tem ajudado da melhor forma e tá tendo resultado dentro de campo. A gente tem que melhorar ainda o nosso fator local, temos que ser muito fortes principalmente dentro de casa. Propor sempre o nosso jogo. Tem que chamar o torcedor, que é um aliado muito importante e vamos precisar dele na sequência do campeonato”, comentou.

O Pelotas vai ter duas semanas para trabalhar e treinar até a próxima partida pela Copa Seu Verardi. Tempo que, promete ser bem utilizado: “Rever o que teve de acerto e de erro nesses jogos. Isso é importante, dá tempo, não é jogo em cima de jogo então podemos trabalhar, arrumar o que tem que ser feito”, falou.

Foto: Tales Leal / AI Pelotas

A função de origem do Mateus é a de volante. Mas, no Pelotas tem sido utilizado em outras posições também, como é o caso da lateral. “Todo jogador sempre quer estar em campo e eu não sou diferente. Vou estar sempre apto para o que o Felipe (Endres) achar que é melhor de jogar, no que ele achar que eu vou render mais para a equipe. Estou aqui defendendo as cores do Pelotas, um clube tradicional no nosso estado. Estou muito feliz de estar vestindo essa camisa e quero corresponder da melhor maneira possível”, contou.

Sobre o estilo de jogo, Mateus já assimilou o que o treinador pede à equipe. “O Felipe gosta que tenha bastante trocas posicionais dentro da equipe. Gosta que a equipe dele se movimente bastante, não fique estática. Isso consegue abrir um pouco mais as outras equipes que geralmente vem mais fechadas”, disse.

Na sexta o Pelotas irá fazer um jogo-treino contra a equipe sub-19 do Grêmio. “Essa movimentação contra o Grêmio é para poder dar ritmo e manter todos em um nível alto, porque vai precisar. Nosso grupo é um grupo de qualidade então precisamos estar sempre ativos para quem entrar em campo dar o melhor resultado possível”, encerrou.

Deixe uma resposta