Foto: Tales Leal / AI Pelotas

Através das redes sociais o Pelotas começou a anunciar reforços para o Gauchão 2020. O primeiro a ser divulgado foi o zagueiro Wendel Lomar, de 23 anos. O atleta fez sua base na equipe do Fluminense/RJ e estava no Inter de Lages/SC.

Neste ano, segundo o site O Gol, o zagueiro fez 23 partidas e marcou um gol. Sete delas no primeiro semestre atuando pelo Goiânia e 16 pelo Inter de Lages, no Campeonato Catarinense da divisão especial.

Em sua carreira, o jogador teve passagens pelo futebol francês. Em 2015 pelo Avenir Béziers/FRA e em 2017 pelo FC Martigues/FRA.

Seleção Brasileira
Aos 18 anos, em 2014, Wendel ainda não havia estreado profissionalmente mas já teve uma experiência das grandes. Foi convocado para completar uma atividade da Seleção Brasileira que se preparava para a Copa do Mundo, na Granja Comary, em Teresópolis. Além do treinamento, o dia rendeu fotos com vários craques e momentos inesquecíveis para o jovem zagueiro.

Tudo começou com um confronto entre a equipe sub-20 do Fluminense e a Seleção comandada por Felipão. “Eu já estava dentro do ônibus. Ia passar o final de semana com a minha família, como faço sempre. Aí me disseram que nós iríamos jogar contra a Seleção na Granja Comary. Eu dei risada e não levei a sério. Aí o supervisor da base do Fluminense me ligou e pediu para que eu voltasse para Xerém. Ainda sem acreditar, perguntei se era alguma seleção de base e ele me disse que era a principal, a do Felipão. Fiquei de cara, meio bobo, até a ficha cair”, contou o atleta ao site Globo Esporte, na ocasião.

Após o enfrentamento, Wendel e mais um colega da base foram convocados pela CBF para integrar um treinamento, antes do jogo contra o Chile. Durante a atividade, Wendel substituiu David Luiz, que havia sentido dor nas costas.

“Depois do treino, fui conversar com ele e disse que era de Juiz de Fora. Como os pais dele moram na cidade, ele se empolgou com o papo e disse que eu poderia procurá-lo quando ele estivesse de férias. Como a minha família estava na arquibancada, perguntei a ele se ele poderia ir até onde estavam e tirar fotografias. Ele aceitou na hora, tirou foto com todo mundo e ainda disse que tinha dado uma moral pra mim, por ter saído para eu entrar. Ele é diferenciado e por isso todos gostam dele”, falou.

Foto: Assessoria P2

Foto: Assessoria P2

Deixe uma resposta