Foto: Tales Leal / AI Pelotas

O Pelotas confirmou, na tarde desta terça-feira (22), o retorno de Manoel Nunes, o Neca, como diretor de futebol para a próxima temporada. Em 2018, Neca integrou o grupo que conquistou a Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho.

Antes do comunicado, o Pelotas e o diretor executivo Moisés Von Ahn rescindiram, em comum acordo, o vínculo de trabalho do dirigente com o clube. Cargo que deve ser ocupado nos próximos dias.

Em entrevista ao repórter Marcelo Prestes, da Rádio Universidade, Neca falou sobre a volta à Boca do Lobo. “Estou retornando a pedido do presidente e do Luciano (Alves, vice-presidente). As manifestações de várias pessoas, ex-jogadores e ex-dirigentes acabaram fazendo eu retornar nessa difícil tarefa de fazer com que o Pelotas possa fazer um Campeonato Gaúcho que desmanche essa imagem ruim desses dois últimos que esteve”, disse.

Questionado se o treinador Ricardo Colbachini é quem pode conduzir o Pelotas a uma campanha melhor do que as últimas edições, Neca respondeu: “Não tenho dúvida nenhuma disso, eu sou apto e sempre defendi a ideia da continuidade. Um clube que não tem categorias de base, não tem jogadores que tenham contrato a longo prazo é necessário ter um trabalho com continuidade. É impossível fazer um trabalho toda hora iniciando do zero. Então é o Colbachini sim, temos total confiança no trabalho, já conversamos com ele, entendemos que é um excelente profissional. O nosso trabalho agora é dar condições, material humano, para que ele possa desenvolver o trabalho que já vem desenvolvendo”, falou.

Sobre o possível retorno do executivo de futebol Rafael Farias, Neca comentou que é uma opção. “Eu vou fazer o possível para que sim. Até por uma questão de justiça”, pontuou.

 

 

Deixe uma resposta