Foto: reprodução / MyCujoo

Na tarde deste sábado (21), o Pelotas recebeu o Novorizontino na Boca do Lobo, pela penúltima rodada da primeira fase da Série D do Brasileiro, e ganhou por 4 a 3. O Lobo saiu vencendo, cedeu o empate, ficou atrás por 3 a 1, mas se recuperou e conquistou a vitória por 4 a 3. Com o resultado, o Pelotas está na vice-liderança do grupo com 20 pontos.

O jogo
O Lobo começou a partida pressionando os líderes do grupo. Dentre as tentativas no primeiro tempo, o Pelotas quase chegou ao gol, em duas oportunidades a rede chegou a balançar, mas foi marcado impedimento.

Na segunda etapa deu certo e os áureos-cerúleos abriram o placar aos cinco minutos com um golaço de Moisés. O volante arriscou um chute de fora da área que foi direto na gaveta. Em seguida os donos da casa tiveram a chance de ampliar, Ariel arrancou com velocidade pela esquerda mas parou no goleiro Giovane. Mas, aos 14 minutos, quem marcou foi o Novorizontino, após escanteio Caíque Oliveira empatou. Os paulistas cresceram no segundo tempo e viraram aos 26, com gol de Cléo Silva. Aos 36, os visitantes ampliaram a vantagem com gol de falta marcado por Pereira. Mas o Lobo seguiu atrás do gol para conquistar a vitória e o atacante Juliano descontou aos 40 minutos. Aos 43, Marcelo cruzou e Bruninho empatou para o Lobo. Já no final da partida, aos 45, veio a segunda virada do jogo, que deu a vitória ao áureo-cerúleo. Marcão recebeu na direita, tirou do goleiro e marcou o dele.

O Pelotas volta a campo pela última rodada da primeira fase da Série D no sábado (28), às 15h, contra o Marcílio Dias, em Santa Catarina.

Ficha técnica:

Data: 21 de novembro de 2020

Local: Estádio Boca do Lobo, Pelotas-RS

Arbitragem: Augusto Ortega (MS), auxiliado por Gustavo Schier (RS) e Luiza Reis (RS). Quarto árbitro: Jonathan Pinheiro (RS).

Pelotas: Renan; Marcelo, Gabriel Silva, Fábio Alemão e Gabiga; Moisés, Ramires (Bruninho), Hugo Sanches (Juliano), Itaqui (Daniel Costa) e Ariel (Matheus Goiano); Marcão. Técnico: Ricardo Colbachinni.

Novorizontino: Giovane; Nando, Adriano, Caíque e Reverson; Willean, Diogo Sodré, Batista, Pereira, Igor e Elvinho. Técnico: William Sander.

Deixe uma resposta