Foto: Victor Lannes / Rede Esportiva

Nesta quinta-feira (25), foi a vez do atacante Wesley, de 23 anos, conversar com a imprensa na Boca do Lobo sobre a preparação para a Copa Seu Verardi.

Com passagens pelo Ituano, pelo futebol goiano e catarinense, o jogador é um dos poucos do elenco que não está no perfil conhecedor do futebol gaúcho que o departamento de futebol procurou. O que não é problema para o atleta, que apresentou o trabalho como aliado: “Nunca tinha jogado aqui, é muita força, é um futebol diferente de São Paulo, onde eu estava acostumado. Mas o nosso trabalho vem sendo bem feito e vamos conseguir nossos objetivos”, afirmou.

O elenco conta com alguns jogadores versáteis, que atuam em mais de uma posição, e Wesley é um deles: “Já joguei de lateral e de atacante extremo pelas pontas. É muito importante você fazer duas funções dentro do jogo. Às vezes, na necessidade da partida, você consegue fazer uma improvisação”, analisou.

Dentre suas características, o lateral/atacante destacou a movimentação dentro de campo. “Muita velocidade, boa marcação e movimentação, sempre estou ajudando na parte defensiva e ofensiva, porque hoje em dia é muito importante você contribuir dos dois lados”, comentou.

Wesley contou que o grupo vem fazendo trabalhos físicos com os preparadores Alon Ritter e Roberto Recart, que estão sendo muito importantes para alinhar as condições físicas dos atletas. Além da parte física, os trabalhos táticos estão sendo trabalhados com intensidade: “O Felipe tem uma logística de trabalho que está sendo implantada para nós, para conseguirmos o objetivo do clube que é o título e, consequentemente, uma vaga na Série D ou Copa do Brasil. O que ele (Endres) vem passando, a gente tem conseguido assimilar rápido”, falou.

O Pelotas estreia na Copa Seu Verardi no dia 17 de agosto, contra o 12 Horas, fora de casa.

 

 

Deixe uma resposta