Foto: Tales Leal/AI Pelotas

Nesta terça-feira (31), o presidente do Pelotas, Gilmar Schneider, falou sobre a situação de dispensa da comissão técnica e dos jogadores. Em nota nas redes sociais, o técnico Luiz Carlos Winck se despediu e fez um pedido especial para a torcida apoiar o clube nesse momento complicado que vive o país.

“Quero me dirigir a todos os torcedores do Pelotas e a todos que contribuem diariamente para que tudo siga funcionando da mais perfeita forma. Estamos passando por um momento de recessão e todos precisamos fazer a nossa parte em prol do clube. A instituição precisa e vai sobreviver a esta crise.

Por isso, gostaria de agradecer a todos os funcionários, comissão técnica, direção e atletas, por todo o apoio no período em que estive a frente do Lobo. É com muito carinho e cabeça erguida que me despeço dessa casa onde fui tão bem recebido e vivi momentos que, estarão sempre guardados em meu coração.

Neste momento também é preciso fazer um apelo especial à apaixonada torcida do Pelotas. Fica meu pedido aos torcedores e sócios, para que ajudem o clube a superar esse momento que é complicado para todos nós.

Agradeço especialmente ao presidente Gilmar, que tem resgatado a credibilidade do clube e do futebol do interior em muitos aspectos. Sou grato pela confiança depositada em mim e por todo o carinho e acolhimento que recebi aqui. Neste momento, precisamos dar as mãos e colaborar em prol do bem maior, que é a continuidade do excelente trabalho que vem sendo feito.

Que Deus abençoe o povo de Pelotas, principalmente a torcida áureo-cerúlea, que me recebeu de braços abertos e que aprendi a amar e respeitar como minha casa. Que, juntos, possamos sair desta situação mais fortalecidos e unidos como sociedade”, escreveu.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Quero me dirigir a todos os torcedores do Pelotas e a todos que contribuem diariamente para que tudo siga funcionando da mais perfeita forma. Estamos passando por um momento de recessão e todos precisamos fazer a nossa parte em prol do clube. A instituição precisa e vai sobreviver a esta crise. Por isso, gostaria de agradecer a todos os funcionários, comissão técnica, direção e atletas, por todo o apoio no período em que estive a frente do Lobo. É com muito carinho e cabeça erguida que me despeço dessa casa onde fui tão bem recebido e vivi momentos que, estarão sempre guardados em meu coração. Neste momento também é preciso fazer um apelo especial à apaixonada torcida do Pelotas. Fica meu pedido aos torcedores e sócios, para que ajudem o clube a superar esse momento que é complicado para todos nós. Agradeço especialmente ao presidente Gilmar, que tem resgatado a credibilidade do clube e do futebol do interior em muitos aspectos. Sou grato pela confiança depositada em mim e por todo o carinho e acolhimento que recebi aqui. Neste momento, precisamos dar as mãos e colaborar em prol do bem maior, que é a continuidade do excelente trabalho que vem sendo feito. Que Deus abençoe o povo de Pelotas, principalmente a torcida áureo-cerúlea, que me recebeu de braços abertos e que aprendi a amar e respeitar como minha casa. Que, juntos, possamos sair desta situação mais fortalecidos e unidos como sociedade.

Uma publicação compartilhada por Luiz Carlos Winck (@lcwinck) em

Deixe uma resposta