Foto: AI Inter

O Brasil visitou o Inter na noite deste domingo (8), no Beira-Rio, e não conseguiu superar a equipe da casa. Em duelo válido pela segunda rodada do segundo turno do Gauchão, o Xavante perdeu para o colorado por 2 a 0. Com o resultado, o Rubro-Negro ocupa a quinta posição do Grupo B, com três pontos.

O jogo
A primeira chegada perigosa do primeiro tempo foi do Inter aos 7 minutos. Nonato recebeu de Patrick e arriscou de dentro da área. A equipe comandada por Eduardo Coudet pressionou o Xavante. O goleiro Matheus Nogueira estava atento e voou para evitar o gol colorado. Aos 30, mais uma vez Matheus Nogueira fez uma defesa importante. Guilherme Pato recebeu de D’Alessandro e cruza rasteiro na área. O centroavante Gustavo mandou para o gol e Matheus defendeu.

Na segunda etapa o Brasil perdeu justamente o destaque do jogo até então. Matheus Nogueira foi disputar uma bola na entrada da área e acabou sofrendo uma lesão na coxa. O jogador saiu de campo chorando de campo e foi substituído por Rafael Martins, que havia começado a temporada como titular mas ficou afastado por conta de uma fratura na face. O marcador foi aberto no Beira-Rio aos 16 minutos. Após cruzamento do estreante Saravia pela direita, Patrick cabeceou para o fundo da rede. Aos 2o, o Inter tentou ampliar com Gustavo e a bola bateu trave. Logo em seguida conseguiu. Novamente de cabeça, Patrick fez o segundo dele na partida. O Inter seguiu com o comando das ações e o Xavante sem muitas jogadas de ataque. A partida encerrou em 2 a 0 para a equipe da capital.

O Xavante volta a campo na quinta-feira (12), contra o Brusque, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O jogo será às 21h30, no Bento Freitas. Pelo Gauchão, o Brasil enfrenta o Ypiranga no domingo (15), também em casa.

Ficha técnica:
Data: 8/3/2020
Local: Estádio Beira-Rio (Porto Alegre)

Inter: Danilo Fernandes; Saraiva, Rodrigo Moledo, Bruno Fuchs, Natanael, Rodrigo Lindoso, Guilherme Pato (Marcos Guilherme), Nonato (Thiago Galhardo), Patrick (Praxedes), D’Alessandro e Gustavo. Técnico: Eduardo Coudet.
Brasil: Matheus Nogueira; Ednei, Heverton, Lázaro e Mateus Mendes; Leandro Leite, Révson e Gegê; Poveda (Simião), Jarro (Cristian) e Wesley. Técnico: Gustavo Papa.

Cartões amarelos: Lázaro, Leandro Leite e Révson (BRA), Natanael, Rodrigo Lindoso, Guilherme Pato (INT)

Gols: Patrick (2) (16 min 2ºt. e 23 min 2ºt.)

Deixe uma resposta