Foto: Raul Ramos / AI Botafogo

O Brasil está próximo de voltar a jogar pela Série B do Brasileiro. No sábado (13), vai enfrentar o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, às 18h. A equipe de São Paulo está na vice-liderança com 16 pontos. O Xavante iniciou a rodada em 13º, com 9. Neste jogo, a equipe  rubro-negra será comandada por Gustavo Papa. O novo técnico, Bolívar, se apresenta na segunda.

Durante a intertemporada, no período da Copa América, o time do Botafogo realizou um jogo amistoso contra o Corinthians e venceu por 2 a 1, com gols de Naylhor e Erick Luis.

Foto: Daniel Augusto Jr / Corinthians

Para a sequência da Série B, a equipe paulista quer fazer valer o mando de campo e vencer as partidas em Ribeirão Preto. Porém, o centroavante Rafael Costa declarou nesta semana que acredita que não será uma missão fácil contra o Xavante. “Sabemos das dificuldades. É um clube do sul. Jogam truncado, temos que ter paciência para furar esse bloqueio”, afirmou.

O jogador insistiu, ainda, que a paciência é justamente o que pode auxiliar o Tricolor a conquistar a sexta vitória no campeonato: “Tem que manter a característica do Botafogo, pressionando, buscando o gol a todo o momento. Será difícil, a característica do Brasil é ser mais fechado (na defesa), é um time que tem muita força”, explicou.

No sábado, o técnico Roberto Cavalo não contará com o atacante Júlio Cesar, que levou uma pancada no joelho durante os treinamentos desta semana. O atleta, que vinha sendo titular e marcou um gol na Série B, fez exames e está fora da partida. A boa notícia para os paulistas é que o departamento médico descartou uma lesão mais grave.

Com o desfalque, a tendência é que a equipe tenha três volantes, um armador e dois atacantes, com Jonata, Willian Oliveira e Marlon Freitas mais recuados, Murilo na armação das jogadas e Erick Luis e Rafael Costa, no ataque. O atacante Felipe Saraiva se recuperou de lesão durante a pausa para a Copa América e pode, também, ser uma opção.

Deixe uma resposta