Foto: AI Gama

Nesta quinta-feira (12), o Xavante conheceu o seu adversário na primeira fase da Copa do Brasil. O enfrentamento será contra o Gama, do Distrito Federal, que já começou a preparação para a temporada 2020. A competição está prevista para começar em 5 de fevereiro.

A boa campanha do Gama nesta temporada, com a conquista do título do Campeonato Candango, fez com que o clube conquistasse vagas em competições importantes para 2020. O calendário gamense terá: Copa Verde, Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro.

O grupo que representará o Verdão já está sendo formado. A apresentação do elenco e o pontapé inicial nos trabalhos para a pré-temporada foi no início de dezembro, no Centro de Treinamento do Ninho do Periquito. Os atletas já têm mantido um ritmo de treinos desde então.

O primeiro compromisso da temporada para o Gama será em 25 de janeiro quando enfrenta o Taguatinga, no Estádio Bezerrão, pelo Campeonato Brasiliense.

Elenco
O treinador é Vilson Taddei, auxiliado por Mayco. Para 2020, a ideia da comissão foi manter parte da base do time que conquistou a taça do Candangão. Com isso, contará novamente com o goleiro Rodrigo Calaça, o zagueiro e capitão Emerson, os volantes Tarta, Balotelli e Felipe Werley e o atacante Nunes.

Nunes foi eleito o melhor atacante do Campeonato Candango e permanecerá na equipe (Foto: AI Gama)

Saídas
Titulares absolutos durante a temporada 2019, os atacantes Vitor Xavier e Jefferson Maranhão, o lateral esquerdo Mário Henrique e o meio-campista Gilsinho não farão parte do elenco. Outro que não faz mais parte da equipe é o ídolo da torcida, o volante Tiago Gaúcho, que se aposentou recentemente e assumiu o cargo de coordenador técnico no Pelotas, clube no qual também tem identificação com a torcida.
Chegadas
O Periquito contratou alguns jogadores já conhecidos dos torcedores candangos. Para a zaga, Gustavo Rambo, que conquistou o título local em 2017 com a camisa do Sobradinho. No gol, Rafael Copetti, que também jogou na Chapecoense e esteve no Pelotas em 2017. No ataque, o reforço foi Michel Platini, que veio do rival Brasiliense.
Base
Assim como o Xavante, o Gama pretende valorizar as categorias de base em 2020. Será um dos pilares adotados pela diretoria com o intuito de colher os frutos dos bons resultados obtidos durante a temporada de 2019. Neste ano, os meninos do Periquito conquistaram os títulos dos Campeonatos Candangos sub-15 e sub-17. O clube já promoveu oito atletas para integrar o elenco profissional.
Campanha em 2019
O Gama foi campeão do Brasiliense de forma invicta. Conquistou o Candangão pela 12ª vez na história. Com uma vitória e um empate, levantou a taça diante do rival Brasiliense.

Arte: Rede Esportiva

Foto: AI Gama

 

Deixe uma resposta