Foto: Victor Lannes

Em meio a pandemia do coronavírus, Brasil e Ypiranga se enfrentaram no Bento Freitas, com portões fechados, pela terceira rodada do segundo turno do Gauchão. O Xavante esteve perdendo em duas oportunidades e empatou em 2 a 2 no final da partida.

Além de Leandro Leite e Lázaro suspensos, outro desfalque que o técnico Gustavo Papa teve pra esta partida foi o meia Gegê. O departamento médico xavante confirmou uma fratura no dedo do pé do atleta.

O jogo
Logo aos 2 minutos do primeiro tempo, os visitantes abriram o placar no Bento Freitas. Em jogada pelo lado direito, Clayton tocou para o meio da área e Leilson finalizou para o gol. Aos 8 minutos, o Xavante teve uma grande oportunidade de empatar. Jarro fez jogada pela direita e a bola sobrou limpa para Maicon Assis na entrada da área, mas Assis chutou por cima da meta. O empate veio aos 15, também em jogada de Jarro, ele cruzou para a área e Ávila marcou contra.

A primeira etapa seguiu com jogadas das duas equipes mas sem oportunidades claras de gols.

No segundo tempo, aos 4 minutos foi marcado pênalti para o Ypiranga. Neto Pessoa bateu forte e fez o segundo dos visitantes.

Já no final da partida, aos 43, o Brasil sofreu um pênalti e Wesley converteu empatando a partida.

Mesmo com os portões fechados, a torcida xavante se fez presente do lado de fora do Estádio Bento Freitas.

Na tarde deste domingo, a CBF comunicou a paralisação das competições nacionais promovidas pela entidade. Com isso, não ocorrerá a partida entre Brusque e Brasil, pela Copa do Brasil. A FGF deve se manifestar durante a semana sobre a realização da próxima rodada do Gauchão.

Ficha técnica:
Data: 15/3/2020, 16h

Local: Estádio Bento Freitas

Brasil: Rafael Martins; Maicon Silva, Leandro Camilo, Heverton e Mateus Mendes; João Ananias, Wellington Simião e Maicon Assis; Poveda (Nathan), Jarro e Wesley. Técnico: Gustavo Papa.

Ypiranga: Carlão; Muriel, Saimon, Schwarzer e Ávila, Tárik, Clayton, Zotti (Pedrinho), Leilson e Jean Silva; Cristiano (Neto Pessoa). Técnico: Paulo Henrique Marques.

Cartões amarelos: Pedrinho, Schwarzer (YPI)

Gols: Ypiranga: Leilson (2 min, 1°.); Neto Pessoa (4 min, 2°t.)

Brasil: Ávila (15 min, 1°t.)(contra); Wesley (44 mim, 2° t.)

 

Deixe uma resposta