Imagem: Rede Esportiva

Desde a manhã de ontem, a torcida do Brasil ficou empolgada com a informação trazida pelo colega Bruno Mucke, da Rádio Caxias, que dava conta que Marcelo Pitol poderia ser repatriado para o Brasil para a disputa da Série B do Brasileirão. E não é para menos: estamos falando de um grande goleiro.

No alto de seus 39 anos, Pitol é, de longe, o melhor goleiro do interior do estado há algum tempo. Fez grande campeonato pelo Caxias no passado, o que faz igualmente nesse ano. Além disso, sua última passagem pelo Brasil faz com que o torcedor Xavante lembre dele com saudade, se comparado com os últimos arqueiros do clube, Rafael Martins e Matheus Nogueira, por mais que estes tenham passado longe de ter ido mal vestindo vermelho e preto.

Acabada a participação do Brasil no Gauchão, até os pássaros que sobrevoam diariamente na Baixada viram que é necessário uma reformulação profunda no plantel do clube para uma série B sem sobressaltos. Cláudio Tencatti sabe disso, e a direção também. E uma possível chegada de Marcelo Pitol agrega qualidade inegável ao grupo, além do combo de se ter um jogador de personalidade forte e uma liderança no vestiário.

Pitol é experiente, um grande goleiro e extremamente identificado com o clube e a torcida. Ele tem vínculo com o Caxias até a o final da série D, mas em conversa com o Gustavo Louzada, na RU, disse estar focado totalmente na reta final do Gauchão e deixou seu futuro em aberto.
Por mais que nenhuma das partes vá confirmar, a informação que tenho é que existe a chance do negócio ter um final feliz, assim do término da participação do Caxias na competição. Aguardemos.

MERECE PALPITE

Flamengo e Internacional entram em campo hoje, pela Libertadores. Ambos enfrentam os modestos Unión La Calera e Deportivo Tachira, respectivamente, em seus domínios. Com a necessidade de vitória, dificilmente ambos deixem escapar pontos nessa rodada. Acesse KTO.com e faça a sua aposta!

Foto: Jonathan Silva / AI Brasil

Deixe uma resposta