Foto: AI Brasil

O Brasil encerra 2019 tendo participado de três competições: Gauchão, Copa do Brasil e Série B do Brasileiro. No ano fez 51 jogos, venceu 13, empatou 17 e perdeu 21. O Rede Esportiva relembrou como foi esta temporada para os xavantes.

No Gauchão, o Rubro-Negro não brigou por classificação após a primeira fase e ainda ficou apenas uma posição acima da zona de rebaixamento. Uma campanha ruim para o então vice-campeão e único clube gaúcho na Série B. Encerrou a participação no estadual em 10º lugar com 11 pontos conquistados. Em 11 jogos teve duas vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

Na Copa do Brasil o Xavante fez a sua melhor participação. Após empatar com o Tubarão, avançou à segunda fase em um dos maiores torneios do país, conhecido pelos valores milionários em premiações. Na segunda fase acabou sendo eliminado para o Avaí.

A Série B ainda não terminou, mas o Xavante já se despediu dela este ano. Com a campanha modesta, garantiu presença entre os 40 melhores clubes do país pelo quinto ano consecutivo. O Brasil encerrou na 14ª posição com 44 pontos conquistados. Em 38 jogos, foram 11 vitórias, 11 empates e 16 derrotas.

Confira a campanha do Xavante dentro e fora de casa em 2019

Arte: Rede Esportiva

Arte: Rede Esportiva

Treinadores

Nos últimos dois anos o comando técnico da equipe rubro-negra passou por períodos de instabilidade, fato que não era de característica do clube, que chegou a ter o segundo técnico mais longevo do país durante passagem de Rogério Zimmermann.

Para o Gauchão deste ano a diretoria trouxe o treinador Paulo Roberto Santos. Com a má campanha nas primeiras rodadas, o comandante foi substituído pelo ex-atacante e membro da comissão permanente do clube Gustavo Papa.

Para a Série B, o treinador identificado com o clube e a torcida Rogério Zimmermann foi requisitado novamente. No entanto, o Brasil não teve um bom início na competição: nos primeiros quatro jogos foram quatro derrotas. Após a parada para a Copa América, os problemas financeiros com os atrasos salariais vieram à tona e o comandante não deu sequência ao trabalho. Bolívar foi o escolhido para o seu lugar e encerrou a temporada com o objetivo de permanecer na Série B em 2020 concluído.

Público

Arte: Rede Esportiva – Fonte: Globo Esporte

Arte: Rede Esportiva – Fonte: Globo Esporte

Artilheiros

Arte: Rede Esportiva

Deixe uma resposta