Foto: Carlos Insaurriaga / AI Brasil

Em processo de desmontagem das arquibancadas móveis do Bento Freitas, o Brasil terá de resolver um impasse junto à SG Arquibancadas. Isso porque há um elevado valor a ser pago à empresa que aluga a estrutura.

Ao todo, a empresa espera receber R$ 460 mil do Xavante. São R$ 100 mil referentes ao ano de 2018, R$ 160 mil referentes ao Gauchão 2019 e R$ 200 mil referentes a cinco partidas da Série B deste ano.

O contrato rubro-negro com a empresa, no entanto, terminou em novembro de 2018. Desde então, não houve a formalização de um novo acordo. Vice-presidente do Brasil, Giovanni Alcantara afirmou à Rádio Pelotense que reconhece a dívida de R$ 100 mil. O clube, porém, não concorda com os valores referentes à atual temporada.

O Brasil pretende usar o período de Copa América para desmontar 60% da arquibancada e liberar, assim, a área para a Porto 5, que é responsável pela construção das novas arquibancadas do Bento Freitas.

Deixe uma resposta