Foto: Victor Lannes / Rede Esportiva

Durante a pausa nos jogos do Campeonato Brasileiro para a Copa América, o atacante Branquinho concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta (27). Entre os assuntos abordados, o jogador falou sobre a evolução tática que acredita ter demonstrado e a importância da confiança depositada pela comissão técnica.

Titular em sete das oito partidas – esteve suspenso por cartão amarelo na última contra o Criciúma -, Branquinho atribui as escalações à versatilidade. “Desde a chegada do Rogério tenho aprimorado muitas questões, principalmente na parte ofensiva. Sem contar uma característica minha que é ajudar bastante na marcação. Primeiro, eu procuro ajudar defensivamente e, depois, ofensivamente. É diferente de quem é meia-atacante e já vai pensando na parte ofensiva”, falou.

O atacante também falou sobre as estratégias utilizadas para surpreender os adversários. “Sou um jogador de velocidade, quando a gente está bem posicionado em campo tem mais espaço no contra-ataque. Tenho evoluído bastante nisso, e o Rogério tem me ajudado muito nesse sentido”, comentou.

Segundo o próprio Rogério Zimmermann, Braquinho desempenha um papel tático muito importante na equipe, e não há no elenco nenhum jogador com as mesmas características, ainda que o jovem Cristian, oriundo da base, se assemelhe bastante.

Branquinho destacou ainda os dois pontos que mais são trabalhados por ele. Marcação e ofensividade. “Tenho também a característica da velocidade, de já ter me acostumado a marcar bastante e sair no contra-ataque. Às vezes têm jogadores que são mais habilidosos e finalizadores, mas não cumprem de maneira tão natural. Procuro me cuidar bastante para estar sempre em alto nível. Estar o máximo de jogos possíveis à disposição, para que eu possa estar sempre ajudando o Brasil”, finalizou.

Deixe uma resposta