Foto: Caio Marcelo / AI Criciúma

Brasil e Criciúma se enfrentam nesta terça (8) pela 27ª rodada da Série B. Para o volante Wesley, do Criciúma, o time de Santa Catarina é o favorito para conquistar os três pontos.

Questionado sobre o favoritismo em relação ao Xavante o volante foi enfático: “Não tem dúvidas. Dentro de casa, com o torcedor ao nosso lado, temos que mentalizar isso. Sempre com humildade, mas temos que ter a auto-confiança para administrar da melhor maneira”, falou.

Apesar da confiança do atleta, o Tigre não faz boa campanha nesta Série B. Das 26 rodadas disputadas, em 11 delas o Criciúma esteve na zona de rebaixamento. Atualmente é o 17º colocado com 27 pontos, seis de diferença para o Xavante, que está em 12º.

O treinador Roberto Cavalo chegou ao time catarinense no dia 26 de setembro, após a saída de Waguinho Dias, e busca a recuperação da equipe. Quando assumiu o comando o time estava há cinco jogos sem vencer. Desde a sua chegada foram disputados dois jogos: uma vitória contra o Botafogo-SP e um empate contra o Vila Nova.

Sem desfalques

A equipe catarinense não terá nenhuma perda por suspensão e nem por lesão. Com isso, Cavalo poderá repetir as escalações dos últimos dois jogos na tentativa de criar identidade no grupo.

Brasil tem desfalque importante

Ao contrário do Tigre, o Rubro-Negro terá um desfalque importante para esta partida. Carlos Eduardo ficará de fora pela primeira vez nesta Série B. O goleiro levou o terceiro cartão amarelo na partida contra o Operário-PR e está suspenso. A tendência é que Marcão seja o substituto.

Carlos Eduardo está no Brasil desde 2015, mas só neste ano ganhou a oportunidade de vestir a camisa 1, ele vem sendo uma das principais peças do Xavante na Série B.

Além dele, Maicon Assis também está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Foto: Victor Lannes / Rede Esportiva

Arte: Rede Esportiva

Deixe uma resposta