Foto: divulgação / FOX Sports

O Pelotense Taison e seu companheiro de equipe, também brasileiro, Dentinho, foram vítimas de uma cena lamentável de racismo durante o jogo entre Shakhtar Donestk e Dínamo Kiev pelo Campeonato Ucraniano.

No segundo tempo da partida, torcedores do time de Kiev fizeram ofensas racistas para os jogadores rivais. Os xingamentos criminosos foram direcionados aos brasileiros. Taison percebeu as ofensas e respondeu mostrando o dedo do meio e chutando a bola em direção a torcida. O atacante foi expulso do jogo e saiu de campo chorando. Dentinho também se mostrou extremamente chateado com a situação.

Horas depois do ocorrido, Taison se manisfestou em suas redes sociais. Em um trecho da publicação ele desabafa: “Jamais irei me calar diante de um ato tão desumano e desprezível! Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e impotência por não poder fazer nada naquele momento!”, escreveu.

 

Ver essa foto no Instagram

 

“ Amo minha raça, luto pela cor, o que quer que eu faça é por nós, por amor… “ Jamais irei me calar diante de um ato tão desumano e desprezível ! Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e de impotência, impotência por não poder fazer nada naquele momento ! Mas somos ensinados desde muito cedo a sermos fortes e a lutar ! Lutar pelos nossos direitos e por igualdade ! O meu papel é lutar , bater no peito , erguer a cabeça e seguir lutando sempre ! ✊🏿 Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, precisamos ser antirracista ! O futebol precisa de mais respeito, o mundo precisa de mais respeito ! Obrigada a todos pelas mensagens de apoio ! Seguimos a luta …✊🏿 Net rasizmu

Uma publicação compartilhada por Taison Barcellos Freda (@taisonfreda7) em

Deixe uma resposta