A competição:

  • A primeira versão do Mundial Feminino foi em julho de 1970, na Itália. Porém, não tinha a chancela da FIFA. A competição recebeu o nome do patrocinador: Martini Rosso Cup.

Esta edição contou com sete países participantes (Inglaterra, Dinamarca, Alemanha, México, Itália, Áustria e Suíça) e foi vencida pela Dinamarca.

  • No ano seguinte, um novo Mundial Feminino foi disputado. O torneio foi realizado no México e teve seis participantes (México, Argentina, Inglaterra, Dinamarca, França e Itália). Novamente, a seleção dinamarquesa foi a grande campeã.

 

  • Apenas em 1988 a Fifa realizou um movimento para a criação da própria Copa do Mundo de Futebol Feminino.

 

  • Em 1991, então, aconteceu a Copa Feminina oficial da Fifa. O torneio de estreia teve 12 seleções (Nigéria, China, Taiwan, Japão, Brasil, Nova Zelândia, Dinamarca, Alemanha, Noruega, Suécia e Estados Unidos). As americanas foram as campeãs.

Confira as campanhas do Brasil em Copas do Mundo:

1991 | Copa da China: na primeira edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino, o Brasil estreou com vitória sobre o Japão. Mas, na sequência, foi goleado pelos Estados Unidos e ainda perdeu para a Suécia, sendo eliminado na primeira fase.

Arte: Rede Esportiva

1995 | Copa da Suécia: na segunda participação na Copa do Mundo, a Seleção Brasileira voltou a ser eliminada na primeira fase. Depois de vencer a Suécia na estreia, perdeu para o Japão e sofreu uma goleada da Alemanha.

Arte: Rede Esportiva

1999 | Copa dos Estados Unidos: o Brasil fez uma boa campanha: chegou até as semifinais, com Sissi como principal jogadora e artilheira. Logo na estreia, goleou por 7 a 1 o México. O Brasil perdeu apenas para os Estados Unidos, que levaram o título.

Na decisão de terceiro lugar, a Seleção Brasileira garantiu a medalha de bronze com vitória sobre a Noruega na disputa por pênaltis.

Sissi foi artilheira desta Copa.

Arte: Rede Esportiva

2003 | Copa dos Estados Unidos: depois de terminar a primeira fase com 100% de aproveitamento, oito gols marcados e apenas dois sofridos, o Brasil despontava como um dos candidatos ao título. O sonho, porém, durou pouco. Nas quartas de final, a Seleção Brasileira perdeu para a Suécia, que foi vice-campeã mundial.

arte: Rede Esportiva

2007 | Copa da China: Este foi o ano da melhor campanha brasileira na história da Copa do Mundo de Futebol Feminino, com Marta em uma de suas fases mais brilhantes. A camisa 10 foi artilheira do Mundial, com sete gols marcados em seis partidas.

Na primeira fase, a Seleção Brasileira foi perfeita. Venceu os três jogos, marcou 10 gols e não sofreu nenhum. Nas quartas de final, o Brasil teve um jogo complicado, mas derrotou a Austrália por 3 a 2. Nas semifinais, Marta e companhia venceram os Estados Unidos com uma goleada por 4 a 0.

A campanha era incrível, mas o tão sonhado primeiro título mundial não veio. Na decisão, o Brasil parou na Alemanha, que foi bicampeã Mundial. A seleção canarinha ficou com o vice-campeonato.

Arte: Rede Esportiva

2011 | Copa da Alemanha: o Brasil teve 100% de aproveitamento, com sete gols marcados e defesa invicta na primeira fase. Já nas quartas de final, a Seleção Brasileira perdeu para os Estados Unidos nos pênaltis. As norte-americanas foram vice-campeãs nesta edição.

arte: Rede Esportiva

2015 | Copa do Canadá: assim como na Copa anterior, o Brasil foi impecável na primeira fase. Venceu todos os jogos, marcou quatro gols e não sofreu nenhum. A Seleção Brasileira não passou da Austrália nas oitavas de final — a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2015 foi a primeira com 24 participantes.

arte: Rede Esportiva

Fonte: esportelândia.

Deixe uma resposta